Barra de vídeo

Loading...

terça-feira, 1 de março de 2016

9 Filmes de Stephen King para assistir na Netflix

filmesnetflixlogo
É inegável o sucesso que a Netflix, empresa norte-americana criada por Marc Randolph e Reed Hastings no longínquo ano de 1997, vem fazendo com o seu serviço de Streaming. A empresa tornou-se a maior representante desta fatia de mercado que se revelou um grande sucesso e que só tende a aumentar e atualmente tem suscitado um debate fervoroso no Brasil acerca de uma suposta regularização do streaming…Especula-se muito sobre como isso provavelmente poderia prejudicar a utilização deste tipo de serviço e como as empresas de tv por assinatura, principais prejudicadas e concorrentes diretas da netflix, saem perdendo se isso não acontecer. O aumento de valor da assinatura e a redução do catálogo para se adaptar às prováveis novas formas de tributação são só duas das principais mudanças que têm se especulado ultimamente e que afetariam diretamente o consumidor, caso a Ancine decida meter o bedelho e arrancar o pomposo pedaço do bolo que acredita que tem direito. Enquanto isso não acontece, o serviço permanece com um precinho camarada (atualmente a empresa possui pacotes variando entre R$19,90 e R$26,90) e nós aproveitamos para dar algumas dicas para aqueles que já possuem o serviço ou para aqueles interessados em possuírem (não… eu não estou ganhando nada da empresa para fazer propaganda rs) de filmes de Stephen King que estão no catálogo da empresa. Não são tantos quanto gostaríamos, mas já dá para se divertir um pouco nas horas de ócio com algumas boas adaptações dos livros do tio Steve.
post001
HAVEN (5 temporadas)
Recentemente anunciamos aqui que Haven foi cancelada e que terá a outra metade de sua última temporada exibida ainda este ano, a partir de Outubro, no canal Syfy. A boa notícia é que todos os episódios, até o 13º da quinta temporada, estão disponíveis na netflix para você assistir quando quiser. Ainda não há previsão de saída da série do catálogo, então acredito que há tempo suficiente para correr e colocar os episódios em dia, antes do início dos treze episódios que faltam para o final da série serem exibidos pelo Syfy.
A história: Levemente baseado no livro “The Colorado Kid” (ainda inédito no Brasil), a série conta a história da agente especial Audrey Parker (Emily Rose) do FBI que chega na cidade de Haven, no Maine, para solucionar o caso do assassinato de um ex-condenado, porém, ela logo percebe que nem tudo é o que parece, quando se vê cercada por estranhos fenômenos paranormais.
under
UNDER THE DOME (2 temporadas)
Under the dome foi outra série baseada em um romance de Stephen King que teve o cancelamento anunciado para este ano. Atualmente o programa está na terceira temporada, com previsão de exibição de seu último episódio nos EUA para o dia 10 de Setembro, pelo canal CBS, quando “o segredo do domo será finalmente revelado”. Enquanto a data não chega, você pode correr para colocar a série em dia, assistindo as duas primeiras temporadas que estão disponíveis no serviço de streaming.
A história: Na trama de Under the Dome, em um dia como outro qualquer em Chester’s Mill, no Maine, a pequena cidade é subitamente isolada do resto do mundo por um campo de força invisível. Aviões explodem quando tentam atravessá-lo e pessoas trabalhando em cidades vizinhas são separadas de suas famílias. Ninguém consegue entender o que é esta barreira, de onde ela veio e quando — ou se — ela irá desaparecer. Os moradores de Cherster´s Mill agora terão que lutar por suas vidas, inclusive contra os perigos que aparecem dentro da própria cidade.
1408_mech_052407.indd
1408
Em 2007 John Cusack estreou esta ótima adaptação do conto homônimo de Stephen King que aparece no livro “Tudo é Eventual”, de 2002. “1408” é a clássica história de quarto de hotel mal assombrado, com objetos surgindo e desaparecendo do nada, aparições fantasmagóricas, visões e etc. Assim como “Montado na bala”, 1408 foi uma forma que King encontrou de homenagear as histórias do gênero, incluindo neles elementos que a primeira vista parecem clichês, mas que funcionam muito bem para o desenvolvimento da trama e que servem a um propósito maior na história. Apesar de não ser uma adaptação fiel ao conto, o diretor sueco Mikael Håfström soube captar muito bem a atmosfera do conto e de maneira despretensiosa nos trouxe uma adaptação digna de atenção.
Sinopse: Neste suspense de Stephen King, um especialista em desvendar mistérios paranormais está determinado a provar que não há fantasmas no quarto 1408 do Hotel Dolphin.
carrie
CARRIE (2013)
Chloe Moretz, a eterna Hit Girl, encarna Carrie na nova adaptação (que a diretora Kimberly Peirce deixou bem claro não se tratar de um remake) de “Carrie”, primeiro livro de Stephen King publicado na década de 70 e que neste filme ganhou ares mais “moderninhos”, com a inserção de telefones celulares e redes sociais. Não vou me alongar muito na descrição deste filme, porque já fizemos uma resenha anteriormente sobre ele (se você quiser pode conferir aqui), mas gostaria de dar destaque mais uma vez para a atuação magnífica de Julianne Moore como mãe de Carrie. Sem maneirismos exagerados ou vícios de atuação, a sua versão de Margaret White é, de modo bastante irônico, de uma sobriedade impar, e preencheu o filme com uma credibilidade que nem a própria Moretz conseguiu dar.
Sobre o filme: Carietta White é uma adolescente excluída, tímida, que devido ao seu comportamento anti-social, motivado pela mãe (com níveis de fanatismo religioso que beiram o incompreensível), acaba sofrendo Bullying no colégio, onde é vista, devido à sua aparência desleixada e ao fato de todos saberem que sua mãe é uma doida varrida, como uma garota estranha. O que as pessoas não sabem (e que vão descobrir da pior forma possível) é que Carrie possui um dom especial, ela é capaz de mover objetos e fazer outras coisas apenas com o poder da mente.
onevoeiro
O NEVOEIRO
O diretor Frank Darabont é conhecido pelos fãs de Stephen King por realizar ótimas adaptações de suas obras para o cinema. São dele “À espera de um milagre” (baseado no livro seriado “O Corredor da morte”) e “Um sonho de liberdade” (baseado no conto “Rita Hayworth e a redenção de Shawshank” do livro “Quatro Estações”). Com “O Nevoeiro” (adaptação do conto de mesmo nome do livro “Tripulação de Esqueletos”) não foi diferente. Darabont sabe como ninguém captar a aura de mistério e horror que ronda os filmes de Steve, tanto que mesmo como final diferente, “O Nevoeiro” é quase que uma unanimidade em se tratando de boa adaptação. A maioria dos fãs, inclusive, prefere o final do filme, por ter uma cara mais “steviniana”.
Sinopse: Um estranho nevoeiro cai sobre a cidade e as pessoas buscam refúgio em um supermercado. O terror está no ar. (sério… Por mais que o serviço seja ótimo, essa galera do netflix não é muito criativa em suas sinopses rs)
sacodeossos
SACO DE OSSOS (Minissérie em duas partes)
Pierce Brosnan, cuja principal contribuição para o cinema foi interpretar o famoso agente britânico James Bond na franquia de filmes da série 007, encarna Mike Noonan nessa minissérie que adapta o livro “Saco de Ossos”. Do meu ponto de vista, foi uma adaptação bem mediana, mas que vale a pena, principalmente pelas sutis referências às outras obras de Steve que aparecem no decorrer do longa. A minissérie foi ao ar originalmente em duas partes em 2011, pelo canal A&E, que também estão disponíveis na netflix. A direção fica por conta de Mick Garris, outro veterano em se tratando de adaptações (algumas não tão boas assim) de Filmes de Stephen King, como “Andando na Bala”, “Desespero”, “O iluminado” (minissérie), “A Dança da morte” e “Sonâmbulos”.
Sinopse: Após a morte da esposa, o escritor Mike Noonan não consegue mais escrever e decide viajar para sua casa no lago, onde é assombrado pela visita de um fantasma, enquanto tenta solucionar os mistérios que rondam o lago Dark Score.
carrie2002
CARRIE (2002)
Apesar da sinopse, “Carrie” (2002) não é uma refilmagem do clássico de 76 do diretor Brian de Palma. Com roteiro do próprio Stephen King (ao lado de Bryan Fuller) este filme foi, na verdade, planejado inicialmente como um piloto para uma série de tv que seria exibida pelo canal NBC e que não deu muito certo, devido à baixa audiência. Na série Carrie se mudaria para a Flórida para ajudar pessoas que estivessem passando pelos mesmos problemas que ela, com a telecinese. Por isso o final do filme é diferente do final do livro.
Sinopse: Essa refilmagem do clássico do terror de 1976 mostra a desajustada Carrie se vingando das pessoas que a assediaram ao longo dos anos.
umsonhodeliberdade
UM SONHO DE LIBERDADE
Mais uma adaptação do talentoso Frank Darabont (O que dizer deste diretor que eu conheço pouco, mas que considero pacas!?). “Um sonho de liberdade”, baseado no conto “Rita Hayworth e a redenção de Shawshank” do livro “Quatro Estações” entrou recentemente para a lista de 100 melhores filmes de todos os tempos da revista “The Hollywood Reporter” em quarto lugar, atrás apenas de “O poderoso chefão”, “O Mágico de OZ” e “Cidadão Kane”. Destaque para a química perfeita entre Morgan Freeman e Tim Robbins nesta que é, sem dúvida, uma das melhores adaptações de Stephen King para o cinema.
Sinopse: Condenado por assassinato, o banqueiro Andy Dufresne vai para a prisão, desenvolve uma forte amizade com um preso mais velho e aprende a navegar (sério? navegar? rs) o duro clima da prisão.
contacomigo
CONTA COMIGO
Por último, mas não menos importante, este que já é um clássico do cinema moderno. “Conta Comigo” (Stand by me, no original) é a adaptação do conto “O Corpo”, presente no livro “Quatro Estações” e é uma verdadeira viagem nostálgica aos tempos de criança, quando nossas maiores preocupações são coisas como enterrar moedas no quintal ou tomar cuidado ao andar na linha do trem. Com uma direção competente e uma trilha sonora de fazer inveja a qualquer blockbuster moderno, este filme tem no elenco Kiefer Sutherland (o Jack Bauer da série “24 horas”), Jerry O´connel (Pânico, Canguru Jack), Corey Feldman (o “Bocão” de “Os Goonies”), Wil Wheaton (Wesley Crusher na série Star Trek: The Next Generation e principal inimigo de Sheldon Cooper em “The Big Bang Theory”) e River Phoenix, um talentoso ator que veio a falecer em 1993, irmão de Joaquim Phoenix (Sexto Sentido, Ela).
Sinopse: À procura do cadáver de um adolescente, quatro amigos encontram muito mais do que jamais poderiam imaginar.
carrie2
BÔNUS: THE RAGE: CARRIE 2
Continuação de Carrie em que… Bom… Esqueçam. Stephen King não tem nada a ver com esse filme e ele é horrível!
E aí? Gostaram da lista? Assim que surgirem novos filmes baseados em obras de Stephen King eu atualizo este post. Como o catálogo da netflix está em constante mudança, pode ser que quando você resolva assistir algum destes filmes da lista ele também não esteja mais disponível. Até o momento, porém, nenhum deles consta na lista de próximos filmes que sairão do catálogo por agora, então podem ficar tranquilos. Peguem a pipoca, um copo de Coca-Cola bem gelada e divirtam-se!

Nenhum comentário:

Postar um comentário