Barra de vídeo

Loading...

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Comic-Con Episódio IV: Esperança dos Fãs (Comic-Con Episode IV: A Fan's Hope)

por 

Nerds e geeks são investigados no documentário Comic-Con Episódio IV: Esperança dos Fãs.

Como todos sabem, os nerds e geeks já herdaram a Terra. O fenômeno cultural alavancado por esta comunidade - que antes vivia escondida e renegada a piadas infames - é algo sem precedentes. Hoje é extremamente cool ser um nerd/geek! 

E para celebrar isso (e também capitalizar este amor de maneira estratosférica), a tribo elegeu seu local de encontro, realizando ano após ano uma espécie de Meca até a mítica Comic-Con, feira de entretenimento que rola em San Diego (Califórnia) desde 1970 - ela foi criada por vendedores de quadrinhos usados, e recebeu em sua primeira edição aproximadamente 150 pessoas. 

Hoje, 43 anos depois, mais de 150 mil pessoas visitam anualmente o evento, com a missão de conversar, conseguir um autógrafo ou apertar a mão de seus ídolos, que sempre comparecem em peso - sendo eles protagonistas ou criadores de filmes, games... e quadrinhos.



No documentário Comic-Con Episódio IV: Esperança dos Fãs (de 2011), o diretorMorgan Spurlock (do excepcional Super Size Me - A Dieta do Palhaço) investiga de forma apaixonada todo o poder deste evento, e faz isso da única maneira que lhe parece possível: através do olhar de diferentes nerds e geeks. 

Vemos então o grupo de fãs do game Mass Effect, que gasta tempo e dinheiro confeccionando elaboradas fantasias, afim de concorrer no desfile chamadoMasquerade, um dos mais importantes momentos da feira. Podemos compreender também as alegrias e tristezas de quadrinistas que buscam uma chance de brilhar neste exigente mercado. Nos divertimos com o namorado que planeja pedir sua amada em casamento no painel do diretor Kevin Smith. E avaliamos a loucura do colecionador de action figures que promete não sair vivo do evento se não conseguir adquirir o exclusivo Galactus de 45 cm da Hasbro (edição limitada da Comic-Con). Estas são basicamente as histórias surreais que montam este documentário, sendo todas muito divertidas e, no geral, espirituosas, carregadas de um sentimento puro, que somente estes "malucos" conseguem emanar. 

Vale ressaltar que o filme também vai fundo na discussão das dificuldades daqueles que comercializam quadrinhos usados, pois, ironicamente, a feira já não se trata mais disso - apesar de carregar no nome a palavra "Comic", na realidade esta vertente está morrendo, o que deixa o pessoal da velha guarda insanamente irada. A fita perde um pouco de tempo neste assunto, que acaba não dando em lugar nenhum, mas Spurlock obrigatoriamente fez questão de demonstrar a insatisfação dos sobreviventes tradicionalistas do evento. Algo irremediável, de fato. 



E para fortalecer a mensagem mainstream da obra, foram reunidas diversas entrevistas maneiríssimas, que despertam o poder geek em qualquer um. É imensamente legal ver Stan Lee ou Matt Groening falando sobre a importância da Comic-Con, ou apenas contando fatos aleatórios vividos pelos mesmos no evento. Na longa lista de celebridades que dão o ar da graça estão Joss Whedon (Os Vingadores), Robert Kirkman (criador da The Walking Dead), Seth Rogen (50%),Eli Roth (O Albergue), Paul Scheer (Human Giant), Guillermo del Toro (Hellboy),Frank Miller (criador de Sin City), Todd McFarlane (criador do Spawn), entre muitos outros.  

Toda a produção da fita é bem realizada, com uma montagem e edição de muito bom gosto, cheias de elementos estilizados que honram o tema em questão. Além disso, a eficiente trilha sonora, que oferta contornos heroicos, serve como pano de fundo perfeito para as histórias destas pessoas que reservam quatro dias de suas vidas para sonhar, idolatrar ou se vestir como seus heróis, sem medo de serem julgadas.

No final, em tom de homenagem, Morgan Spurlock retrata honestamente este importante evento mundial que já marcou seu nome em nossa cultura pop e de entretenimento. O diretor não esquece de discutir os problemas que um comportamento de idolatria exagerado pode ocasionar, só que, acima de tudo, enfatiza que existe muito mais diversão por trás da feira do que qualquer outra coisa (a não ser talvez o cheiro). Para quem curte o tema, este é um épico documentário a ser saboreado.

PS: O filme foi produzido por Stan Lee e Joss Whedon (que também ajudou a roteirizar os argumentos). Mais alguns méritos que elevam o status da obra.



Comi-Con Episódio IV: Esperença dos Fãs/ Comic-Con Episode IV: A Fan's HopeEUA/ 2011/ 88 min/ Direção: Morgan SpurlockElenco: Seth Rogen, Kevin Smith, Seth Green, Eli Roth, Stan Lee, Adrianne Curry, Paul Dini, Scott Mantz

Nenhum comentário:

Postar um comentário