Barra de vídeo

Loading...

sábado, 12 de dezembro de 2015

Resenha de livros: Diários do Vampiro - Almas Sombrias





L. J. Smith

Ano: 2011
Páginas: 362 
ISBN: 
9788501091369 
R$39,90
Editora: Galera Record
Pontuação: ♥ ♥ ♥  
Ludibriado com a promessa de se tornar humano novamente, Stefan Salvatore foi capturado pelos demoníacos Shinichi e Misao. Mais do que encarcerado em uma prisão na Dimensão das Trevas, Stefan está longe de Elena e começa a perder a noção do que é real em sua vida... Para salvar seu grande amor, Elena se empenha em uma missão perigosa e assustadora, confiando seu destino — e sua vida — a Damon, o outro belo Salvatore. De certa maneira responsável pelo que aconteceu com Stefan, Damon parece estar disposto a tudo para resgatar o irmão. Assim como Elena... Mas a cada dia de convivência, a tensão entre Elena e Damon aumenta, enredando ambos em um destino revelador e inevitável. Destemidos, dominadores e soberbos, os dois têm muito mais em comum do que supunham e logo Elena terá de decidir: Qual dos irmãos Salvatore ela realmente ama? Em Fell’s Church, Bonnie e Meredith tentam controlar o mal que tomou a cidade com a passagem dos espíritos raposa. E suas descobertas sobre a Dimensão das Trevas e os kitsune acabam colocando-as cara a cara com a missão de Elena — e a única forma de ajudar será se juntar e ela e Damon nesta aventura aterrorizante.

Começo a resenha afirmando: sem Damon Diários do Vampiro não seria a mesma coisa. Ufa! Desabafei! Eu não costumo começar minhas resenhas falando de um personagem especificamente, mas Damon merece uma atenção toda especial. Ele traz à série toda uma sensualidade e um ar de mistério, além de que seu lado mal (que não é tão ruim assim) nos encanta. Ele tinha tudo para ser um vilão, e acaba agradando tanto, se não mais, que os mocinhos.
Elena se sentiu desfalecer com a intensidade da paixão que surgia entre os dois. Como último gesto, não de repúdio, mas como um convite, ela arqueou a cabeça para trás, expondo-lhe o pescoço nu, e deixou que ele sentisse seu desejo... Ela nunca sentiu os dentes que romperam sua pele e reclamaram seu sangue. Antes que acontecesse, Elena viu estrelas. E o universo foi tragado pelos olhos negros de Damon.  
Bom, eu tenho que confessar que estava com um pé atrás ao começar a ler este livro, pois eu não gostei tanto de Anoitecer (livro anterior a este, e primeiro volume da continuação da saga O Retorno). L. J. Smith, nos impressiona com mais um livro cheio de elementos sobrenaturais, e muito, muito extraordinários. E ela conseguiu me ganhar com este livro. 
Antes de continuar lendo a resenha, aconselho a quem não leu os livros anteriores a parar por aqui, pois esta pode conter spoilers!!!
Stefan foi capturado por espíritos demoníacos e está preso na Dimensão Sombria, onde dizem que vampiros e demônios podem andar livremente, mas humanos são mantidos como escravos por seus mestres sobrenaturais. Fell’s Church continua caótica, mesmo após a partida dos kitsune Shinichi e Misao, pois suas crias continuam atormentando a cidade. Caroline também está  possuída por algo, estando grávida (e ninguém sabe ao certo o que será...filho de demônio ou lobisomem), ela também acusou Matt de atacá-la. Elena se vê atormentada com a prisão de seu amado, e angustiada com a proximidade de Damon. Tudo o que importa no momento para ela é tentar salvar Stefan e para isso ela precisa da ajuda de Damon. Mas Damon também se vê atormentado (Shinichi o enganou, pois continua conectado aos seus pensamentos e roubando suas lembranças), um resquício da presença de Shinichi em sua mente. 

O poder de Elena também se mostra muito forte, pois se ela não "recolher" sua aura (o que é muito custoso), atraí todo o tipo de seres sobrenaturais, assim como seu sangue também é irresistível e muito poderoso. Apesar disso, ela é tão humana quanto qualquer outro, perdeu suas asas e se sente confusa. Elena, Damon e Matt (que está foragido depois da acusação de Caroline), saem a procura do portal que os levará ao encontro de Stefan. Mas eles não irão sozinhos, pois Bonnie e Meredith acabam indo também. 

Agora eu vou deixar o resto no suspense, e falar a vocês o que achei do livro. 
Em primeiro lugar, eu adorei a atmosfera sombria, sensual e tensa de Almas Sombrias. Mas acima de tudo, amei o fato de Damon e Elena ficarem juntos, sentindo a atração fluir, crescer e tomar proporções muito atordoantes. 
Outro ponto do qual gostei muito, foi o seguinte: o livro começa com uma espécie de retrospectiva, feita pela própria Elena, contando o que aconteceu anteriormente, falando de seus sentimentos e é um ponto importantíssimo, pois ajuda a relembrar fatos ocorridos, e introduz a leitura deste livro de forma muito interessante. 

Este livro também está recheado de novos elementos sobrenaturais e personagens muito interessantes. Eu gosto muito dos personagens da série, pois todos tem personalidade própria, e um papel fundamental na trama. Mas meus personagens preferidos são, sem dúvida alguma: Bonnie, Meredith e Damon. Neste livro, Meredith está mais forte e determinada. Bonnie aparece sempre amedrontada  (o que não gostei muito), mas mesmo com este pequeno inconveniente, ela sempre salva a pele de todos. Damon continua perfeito... e Elena (que me perdoem os que AMAM ela) fica entre chata e corajosa, ficando o tempo todo meio "eu sou e não sou", meio segura e insegura, ou seja: ela é uma personagem mediana, o que acho um tanto ruim em protagonistas.   


Gostei muito da dimensão das trevas, mostrando um novo mundo, totalmente diferente (e muito sombrio) cheio de leis e ambientes inusitados. Além disso, a ação está presente no enredo, com muita adrenalina e tensão. Ainda achei um pouco exagerado tanta mistura de seres e poderes sobrenaturais, mas isso não estraga em nada a trama e desenvolvimento da história, que sem dúvida, prende e surpreende do início ao fim.

A narrativa segue a mesma linha dos livros anteriores, o que torna a leitura fácil (ainda mais para quem já gosta do estilo da autora). A capa e trabalho gráfico também segue o mesmo padrão.

O final, como acontece nos outros livros, e já é característico da série, nos deixa com um "quero mais"... ainda mais com o que aconteceu com Damon... (Oooopsss, cala-te boca). Gosta da série??? Então você não pode perder Almas Sombrias!

Nenhum comentário:

Postar um comentário