Barra de vídeo

Loading...

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

10 filmes influenciados pela filosofia Marxista

Karl Marx foi um dos mais influentes filósofos de todos os tempos e, consequentemente, seu trabalho influenciou diversos filmes. O espectador enfrenta problemas marxistas, tais como: condições proletárias, burguesia dominante, a tecnologia em evolução e sua relação com a sociedade, e a revolução. Cada problema é apenas um sinal do advento da era comunista, que consiste em uma justiça final na terra. Este é o núcleo de todo um movimento que influenciou profundamente o mundo.
Obviamente havia outros filósofos, muitos influenciados por Marx, que expandiram os elementos fundamentais em muitas outras direções, alguns deles contemporâneos a ele, incluindo Engels, Kautsky, Bernstein e outros.
Cada um deles compartilhavam uma fé na justiça do proletariado, onde o objeto e o sujeito, finalmente, identificam uns aos outros. Menores classes industriais são a “solo” para a revolução e trará verdadeiros valores para toda a humanidade, mas fazer isso exige a queda da classe dominante industrializada: a burguesia. Fraternidade é a palavra chave para a base de uma sociedade, e comunismo é a comunidade de final onde a humanidade se liberta da escravidão física e mental.
Conheça 10 grandes filmes influenciados por essa ideologia sociológica e filosófica que marcaram e ainda marcam a nossa sociedade.

10 – Novecento (Bernardo Bertolucci, 1976)

Novecento-1976O filme faz uma retrospectiva histórica da Itália desde o início do século 20 até o fim da Segunda Guerra Mundial, focando na vida de duas pessoas: Olmo, filho bastardo de camponeses, e Alfredo, herdeiro de uma rica família de latifundiários. Apesar da amizade desde a infância, a origem social fala mais alto e os coloca em pólos política e ideologicamente antagônicos. O plano de fundo é o intenso cenário político da época, com o fortalecimento do fascismo e, em oposição, as lutas trabalhistas ligadas ao socialismo.

9 – Tempos Modernos (Charlie Chaplin, 1936)

Modern-TimesUm operário fica louco com o ritmo intenso do trabalho braçal onde consegue o seu ganha pão. Demitido, acaba parando em um hospital. Quando sai, é confundido durante um protesto comunista e acaba preso. Em meio a toda essa confusão, ainda arruma tempo para ajudar uma jovem órfã.

8 – Porcile (Pier Paolo Pasolini, 1969)

Porcile-1969A partir de duas histórias paralelas, uma no século XVI e outra na Alemanha pós-moderna, Pasolini faz um retrato metafórico nada alentador da degradação humana alastrada pela sociedades de consumo, as quais não prezam o sentido e a essência do ser humano, mas apenas sua capacidade de consumo. É uma reflexão sobre o lema da Era Capitalista: “consumo, logo existo”.

7 – Terra (Alexander Dovzhenko, 1930)

EarthA chegada do trator é recebida com entusiasmo pelos camponeses que trabalham coletivamente na terra, no início desse processo de comunização do campo na Ucrânia. Eles começam a imaginar uma vida melhor para si próprios, porém os kulaks, os grandes proprietários de terra, ficam descontentes, e conspiram para assassinar o jovem líder do comitê do partido do vilarejo. Só que sua morte só serve para dar mais força ao ímpeto dos camponeses.

6 – Tri pesni o Lenine (Dziga Vertov, 1934)

3-Songs-about-LeninUma ode a Lênin no décimo aniversário de sua morte, reunindo imagens feitas em vida e em seu funeral e filmagens sobre o impacto de seu legado sobre a vida de mulheres da URSS asiática e para o desenvolvimento econômico do país.

5 – Filme Socialismo (Jean-Luc Godard, 2010)

Film-Socialisme-2010Uma sinfonia em três movimentos. Um navio no mediterrâneo e algumas conversas, em diversas línguas, entre passageiros, quase todos em férias. Um velho criminoso de guerra (alemão, francês ou americano?) acompanhado de sua neta. Um jovem filósofo francês. Um representante da polícia de Moscou. Uma cantora americana. Um velho policial francês. Uma ex-funcionária da ONU. Um agente aposentado. Um embaixador palestino. No fundo, discutem a falência das ideologias de esquerda no início de século 21.

4 – Outubro (Sergei Eisenstein, 1928)

October-1Filme de comemoração ao 10º Aniversário da Revolução Soviética de 1917, na qual os Bolchevistas derrubaram o governo de Kerensky. Também conhecido como ‘Os Dez dias que Abalaram o Mundo’, foi realizado com recursos imensos, utilizando gente do povo que havia realmente participado da Revolução nas ruas.

3 – Um Homem com uma Câmera (Dziga Vertov, 1929)

Man-With-a-Movie-CameraUm experimento cinematográfico que foi considerado inovador para a sua época por utilizar várias técnicas até então pouco ou nada vistas. É um documentário que mostra um dia normal, totalmente típico, na cidade de Moscou.

2 – Teorema (Pier Paolo Pasolini, 1968)

TeoremaUm jovem chega misteriosamente e se hospeda na casa de uma família burguesa. Aos poucos, ele vai seduzindo a empregada, a mãe, o filho, a filha, e por ultimo o pai. Assim como veio, ele parte sem dar mais explicações, deixando um vazio de existência na casa. O que teria mudado com a passagem deste rapaz?

1 – O Encouraçado Potemkin (Sergei Eisenstein, 1925)

Battleship-PotemkinO que começa como um motim no navio de guerra Potemkin acaba por dar início a uma violenta revolta na cidade de Odessa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário