Barra de vídeo

Loading...

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

LIVRO: Quem é você, Alasca?

 

AGO
25
2015
Título: Quem é você, Alasca?
Autor: John Green
Ano: 2015 (Edição Comemorativa de 10 Anos)
Número de páginas: 298


Sinopse: Miles Halter estava em busca de um Grande Talvez. Alasca Young queria saber como sair do labirinto. Suas vidas se colidiram na Escola Culver Creek, e nada nunca mais foi o mesmo.
Mas antes, um breve resumo de como tudo aconteceu:
Miles Halter vivia uma vidinha sem graça e sem muitas emoções (ou amizades) na Flórida. Ele tinha um gosto peculiar: memorizar as últimas palavras de grandes personalidades da história. Uma dessas personalidades, François Rabelais, um escritor do século XV, disse no leito de morte que ia em “busca de um Grande Talvez”. Para não ter que esperar a morte para encontrar seu Grande Talvez, Miles decide fazer as malas e partir. Ele vai para a Escola Culver Creek, um internato no ensolarado Alabama.
Lá, ele conhece Alasca Young. Ela tem em seu livro preferido, O general em seu labirinto, de Gabriel García Márquez, a pergunta para a qual busca incessantemente uma resposta: “Como vou sair desse labirinto?” Inteligente, engraçada, louca e incrivelmente sexy, Alasca vai arrastar Miles para seu labirinto e catapultá-lo sem misericórdia na direção do Grande Talvez. Miles se apaixona por Alasca, mesmo sem entendê-la, mesmo tentando sem sucesso decifrar o enigma indecifrável de seus olhos verde-esmeralda. 

Resenha: Oi Povo, tudo bem?
“Quem é você, Alasca?” foi o primeiro romance publicado pelo nosso querido John Green a 10 anos atrás, para comemorar essa data tão importante a Editora Intrínseca lançou um edição comemorativa de 10 anos. Os conteúdos extras são: apresentação de John Green, respostas de John Green às perguntas dos fãs, cenas cortadas do manuscrito original e detalhes do processo de edição do romance. Curti muito ver os emails trocados entre John e sua editora Julie, só assim pude entender como foi importante essa troca para o livro. 
Quando começei a ler esse livro fiquei com um enorme pé atrás porque esse era o primeiro romance escrito por John e os livros que já tinha lido anteriormente foram livros com ele já maduro na sua profissão. Mas, “Quem é você, Alasca” me surpreendeu.

Miles Halter vive com seus pais na Flórida e sua vida é um verdadeiro “fracasso”. Ele não tem amigos  no colégio e nem fora dele. Vive mais tempo em casa lendo biografias do que se divertindo, Miles tem mania de memorizar a última frase das pessoas antes de morrer, por esse motivo ele curti tanto biografias. O escritor François Rabelais, disse no leito de morte que “ia em busca de um Grande Talvez”. Miles, após ler essa biografia fica com suas palavras na cabeça e simplesmente não consegue esquecer. Ele sente a necessidade de sair e procurar o “Grande Talvez” e com isso resolve mudar radicalmente sua vida, se mudando para um internato no Alabama. Seu pai estudou no mesmo internato para o qual está indo, e ele já ouviu muitas histórias das aventuras vividas por lá. 
Antes de mudar para a escola sua mãe resolve dá uma festa de despedida que também é um fracasso, pois apenas duas pessoas aparecem para se despedir e para piorar eram duas pessoas chatas. Com isso Miles tem mais certeza que talvez esteja fazendo a escolha correta.
“A única coisa pior do que dar uma festa a que ninguém vai é dar uma festa à qual só vão duas pessoas extrema e profundamente desinteressantes”. Pág: 16
Chegando na escola Culver Creek, Miles percebe logo percebe que sua vida vai ser completamente diferente. De cara ele faz um amigo, chamado Chip, que é um adolescente muito louco, mas no decorrer do livro descobrimos que tem um coração enorme. Eles dividem o mesmo quarto no dormitório. Chip também tem um costume diferente, ele grava os países e suas capitais. Chip é conhecido pelo apelido de Coronel e apelida Miles de bujão, pois ele é exatamente o oposto a isso.
Coronel é amigo de Alasca Young. Claro que Bujão logo de cara se apaixona, afinal ela é linda, inteligente, engraçada e ao mesmo tempo melancólica. Sabe aquele tipo de personagem que você ama e odeia? Se sim, Alasca é desse jeito. 
“Sinto-me um idiota cego de paixão, eu me levantei para fechar a porta.” Pág:36
Uma das coisas que mais curti em Alasca, foi o jeito que ela defendia seus ideais, principalmente aqueles que defendem as mulheres. Ela falava o tempo todo:
“Não trate o corpo das mulheres como mero objeto!”. Pág: 79
Diferente da outra escola onde Bujão era ignorado por não ter amigos, nesta nova escola ele chega a sofre um trote por ter amigos. No decorrer do livro entramos no mundo de uma escola de internato, onde os alunos bebem e fumam escondidos. Onde existem pessoas que são filhos de papai que pagam uma fortuna para estarem lá, essas pessoas são conhecidas como “Guerreiro da Segunda à Sexta”. Onde existem pessoas que são bolsistas e dão valor a educação.
No meio de toda essa loucura Bujão e seus amigos, vão amadurecendo e se apaixonando, até que uma coisa acontece que muda todo rumo da história.
Mais que isso não posso contar para não soltar um mega spoiler, mas devo dizer que o acontecimento é daqueles que você fala: “Não acredito!”. 
Para fechar com chave de ouro só posso dizer que indico o livro, pois ele retrata como os amigos são importantes. John tem o poder de fazer os leitores se emocionarem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário