Barra de vídeo

Loading...

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

O LUGAR ONDE TUDO TERMINA - THE PLACE BEYOND THE PINES



- Se você pilota como um raio, vai se arrebentar como um trovão.

O filme começa e vamos acompanhando um homem cheio de tatuagens que vai andando no meio de uma multidão dentro de um circo. Ele entra em uma tenda, sobe na sua moto e começa a fazer seu número num daqueles globo da morte, onde três motociclistas ficam dando voltas em uma jaula em formato de uma esfera. A cena nos diz duas coisas sobre o personagem e filme. Sobre o personagem, já sabemos de cara que é uma pessoa que não tem medo da morte. Sobre o filme, mostra que o diretor faz uma abertura ambiciosa no estilo Orson Welles, e que talvez devamos esperar a mesma ambição.
Claro que não se trata de um filme que fale sobre o circo. O tema central que permeia as histórias é a violência. Fala sobre a responsabilidade de um pai levada de uma maneira errada ás últimas consequências, e fala também de arrependimento. Eu digo "de maneira errada", mas talvez não seja. Foi a solução encontrada por um homem que é obrigado a sobreviver entre um pagamentoe outro. Nos dias de hoje, muitos podem se relacionar com ele.
filme é dividido em três partes. Na primeira, o motociclista Luke (Ryan Gosling) vive de cidade em cidade se apresentando no circo. Em uma das cidades, ele descobre que fez um filho com Romina (Eva Mendes) na última vez que passou por lá. Ele resolve se tornar um bom pai apesar de ela já ter a vida acertada com outro homem, e se junta a Robin (Ben Mendelsohn) para roubar bancos e prover para seu filho. Não demora muito para ter que encarar a lei.
A lei vem num homem chamado Avery (Bradley Cooper), que depois de cruzar com Luke se torna o protagonista da terceira história. Ele é tratado como um herói e se envolve algumas transações sujas por causa de um policial sujo (Ray Liotta). Emespecial pelos conselhos do pai, ele consegue sair da confusão e se torna num proeminente homem com um alto cargo político. Corta para 15 anos mais tarde.
Que é quando entra a terceira história, protagonizada pelo filho de Luke que numa coincidência estuda e faz amizade com o filho de Avery. A vida de Luke e Avery não é muito diferente uma da outra. Eles amam suas mulheres e filhos, que tem a mesma idade. O que divide o destino desses dois, é a educação. São fatores externos que dividem a sina de cada um deles. Provavelmente seus filhos estão na direção para seguir o mesmo caminho de seus pais, e suas famílias seguindo apenas um ciclo.
Não acho que tenha no momento, dois atores mais em ascensão que Gosling e Cooper, mas ao contrário do que se possa pensar, este não é um filme que vai decolar mais a carreira deles. Eles estão acompanhados de um elenco secundário fantástico (em especial uma Eva Mendes entregando a melhor performance de sua carreira) e apenas realizam seus papéis para ajudar a contar uma grande história. Realizar um grande filme.
O diretor  Derek Cianfrance, que também dirigiu Namorados para sempre, entrega mais um ótimo filme. Seus atores entregam sempre atuações seguras em excelente papéis. E aqui ele entrega um filme bem mais ambicioso, ainda que não alcance a refinamento, que seu filme anterior. Não se importe com a duração do filme (140 minutos), porque o que temos nas telas vale cada minuto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário