Barra de vídeo

Loading...

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Um Mais Um de Jojo Moyes

Ano: 2015
Número de páginas: 320


Sinopse: Há dez anos, Jess Thomas ficou grávida e largou a escola para se casar com Marty. Dois anos atrás, Marty saiu de casa e nunca mais voltou. Com dois empregos e ganhando mal, ela precisa sustentar a filha Tanzie e o enteado Nicky, que ela cria há oito anos. Tanzie, o pequeno prodígio da matemática, acabou de receber uma generosa bolsa de estudos em uma escola particular, mas Jess não tem condições de pagar a diferença. Sua única esperança é que a menina vença uma Olimpíada de Matemática que será disputada na Escócia. Mas ela não sabe como chegará até lá. Enquanto isso, um dos clientes de faxina de Jess, o gênio da computação Ed Nicholls, decide se refugiar em sua casa de veraneio por causa de uma denúncia de práticas ilegais envolvendo sua empresa. Entre ele e Jess ocorre o que pode ser chamado de ódio à primeira vista.
Mas quando Ed fica bêbado no pub em que Jess trabalha, ela faz questão de deixá-lo em casa, em segurança. Em parte agradecido, Ed oferece uma carona a Jess, os filhos e o enorme cão da família até a cidade onde acontecerá o torneio. Começa então uma viagem repleta de enjoos, comida ruim e engarrafamentos. A situação perfeita para o início de uma história de amor entre uma mãe solteira falida e um geek milionário.

Resenha:  Oi Povo,
Hoje vamos falar de “Um mais Um”, livro super fofo que ganhei na turnê intrínseca. Nunca tinha lido nada da Jojo Moyes, mas sempre tive muita curiosidade então quando ganhei o livro no sorteio pensei: “Agora não tenho mais desculpas para não ler! Rsrs”. Jojo conseguiu me prender na história, me fez chorar e dá boas gargalhadas. Só posso dizer que virei fã e que não vejo a hora de comprar os outros livros.

No começo do livro conhecemos Jess uma mulher jovem e trabalhadora, que foi abandonada por Marty com dois filhos para criar. Apesar, de trabalhar em dois empregos ela mal consegue sustentar a família. Tanzie é uma menina meiga e super estudiosa que ama matemática, tudo na sua vida se resume a número. Nicky na verdade não é filho de Jess apenas de Marty, mas é amado como se fosse filho dela, que o cria desde dos oito anos quando sua mãe sumiu no mundo. Jess, apesar de todos os problema é uma pessoa super positiva e tenta viver a vida de maneira honesta. Sua filha Tanzie recebe uma proposta de uma bolsa de estudos de noventa porcentos numa escola particular onde ela terá oportunidade de desenvolver seu amor pela matemática. Mas, infelizmente Jess não consegue arrumar dinheiro para pagar a diferença e isso destroça o coração da família. A única esperança seria Tanzie participar e vencer a olimpíada de matemática que ocorrerá na Escócia. O único problema é que Jess, não faz ideia de como conseguir esse milagre. Afinal, ela teria que ter dinheiro de passagem para ela, Tanzie, Nicky e ainda conseguir um lugar para deixar seu cachorro.
"Sempre houve algo meio diferente em Tanzie. Com um ano, ela enfileirava os cubos ou os organizava em padrões, e depois afastava alguns deles criando novas formas. Quando tinha dois anos, era obcecada por números. Antes mesmo de começar a frequentar a escola, já tinha lido toda coleção de livros de exercícios de matemática para alunos de dois, três, quatro e cinco anos da livraria local". Pág: 39.
Do outro lado da história conhecemos Ed Nicolls, um geek milionário que esta sendo processado por prática ilegais na sua empresa. Seu advogado sugere que ele se esconda na casa de praia até a poeira abaixar. Ed acaba indo para casa de praia quase nunca usada e lá fica tentando entender como sua vida chegou no fundo do poço tão rápido. 
Jess faz faxina na casa de Ed, e logo no primeiro encontro rola um ódio a primeira vista, pois Ed a trata como se fosse um nada. Mas, como o castigo sempre vem, Ed acaba ficando bêbado no pub onde Jess trabalha a noite e acaba ajudando-o a chegar em casa vivo.
Por uma situação louca da vida de Ed e Jess, ele acaba se oferecendo para levar ela e sua família até a Escócia para Tanzie participar das olimpíadas de matemática. E aí as aventuras do livro começam e não conseguimos largar até saber o final.
"- Estamos com tudo pronto - disse ela, apertando os olhos, a cabeça inclinada para um lado. - Minha mãe disse que você não vinha, mas eu sabia que vinha e falei que não ia deixar ela desfazer as malas antes das dez horas. E você chegou cinquenta e três minutos adiantado. O que, na verdade são trinta e três minutos antes do que eu tinha calculado." Pág: 91.
Como o livro é narrador pelos 4 personagens principais, conseguimos nos aproximar e amar cada um. Não vá pensando que esse livro apenas se trata de uma história de amor entre um rico e uma pobre, esse livro trata de um aprendizado para vida. Nele encontramos a importância de ter uma família e de encarar as peças que a vida nos prega. Sem falar que o assunto bullying é tratado com uma sensibilidade fora do comum.

Resumindo: Só posso dizer que super indico a leitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário