Barra de vídeo

Loading...

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Filme : Sobre um bom fim

404072.png-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx
Depois de 13 anos aperfeiçoando cada detalhe minucioso do documentário “Filme Sobre um Bom Fim”  o diretor Boca Migotto nos apresenta algo que já ganhou destaque desde que seu trailer foi lançado em outubro do ano passado, gerando grande repercussão nas redes sociais. O filme de 88 minutos nos convida a mergulhar num jogo de presente e passado através do uso de imagens de arquivos e depoimentos de vários artistas que até os dias atuais são importantes no cenário nacional como Ana Luiza Azevedo, Werner Schünemann, Carlos Gerbase, Jorge Furtado, Gordo Miranda, Frank Jorge, Julio Reny, Wander Wildner, Nei Lisboa, Márcio Petracco, Edu K e de escritores como Juremir Machado da Silva e Eduardo Bueno, além de outros historiadores, jornalistas e frequentadores do bairro do Bom Fim que na década de 80 se encontravam na Osvaldo Aranha, Lancheria do Parque e terminavam a noite no Bar Ocidente, que nasceu com a diversidade sexual, o que era considerado algo à frente pra aquela época. Toda esta juventude compartilhava momentos tão importantes historicamente falando, que levava Porto Alegre a ser vista por fora como uma cidade totalmente inovadora.  A película faz ainda uma releitura completamente fiel das personagens e episódios que se tornaram símbolos da inquietação cultural e política do lugar numa época em que a repressão policial predominava e o país vivia um processo histórico de redemocratização. O longa é conduzido num clima de nostalgia, pois os entrevistados em seus depoimentos falam de uma época em que toda uma juventude se sentia representada e retratada nas músicas, nos espetáculos, no cinema local, além de que a ausência de dinheiro no bolso não era motivo pra deixarem de se divertir, pois havia um compartilhamento não somente de ideias, mas também de bebidas que regavam as noitadas de diversões dos grupos que perambulavam as ruas bem mais tranquilas na época, do velho bairro do Bom Fim. Vale a pena conferir como aconteceram todas essas transformações culturais que envolvem as décadas de 1960, 70 e 80 no velho bairro do Bom Fim que está lá no mesmo lugar, embora modificado pela demolição das construções históricas. Teriam suas imagens perdidas, se não fosse uma fotografia qualquer, ou uma película qualquer, agora ambas trazidas pra grande tela através do Filme Sobre um Bom Fim, um verdadeiro tesouro na preservação da história local que sem dúvidas servirá também de trabalhos de pesquisas para as gerações atuais e aquelas que um dia ainda virão.



Todos os direitos reservados por Blah Cultural 2014. Este texto está protegido contra cópias. Se deseja obter nossa matéria, entre em contato com nossa redação através do email: redacao@blahcultural.com ou contato@blahcultural.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário