Barra de vídeo

Loading...

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Plutão de R. J. Palacio

Ano: 2015
Número de páginas: 90


Sinopse: Em Plutão, R. J. Palacio traz a história de Christopher, o melhor amigo de infância de August Pullman, um garoto de feições incomuns que encantou leitores do mundo inteiro no romance Extraordinário.
Exclusivo em e-book, o livro alterna entre o presente e flashbacks de quando os dois meninos eram vizinhos. Plutão acompanha Chris ao longo de um dia especialmente complicado. Os pais estão se divorciando e ele está com dificuldades na escola, mas mesmo afastado do velho amigo, é relembrando alguns desafios e aprendizados que teve ao lado de Auggie que Chris encontra algum conforto. Uma linda história sobre o valor da amizade na vida das crianças, uma vivência intensa e marcante.


Resenha:  Oi Povo, tudo bem?
Hoje é dia do amigo! Em homenagem a esse dia tão lindo nada melhor que uma história "Extraordinária" !!!
Como vocês já devem ter reparado sou mega fã da R.J.Palacio, ela consegue escrever para as crianças e ainda assim consegue tocar os adultos com a simplicidade de seus livros. Já publiquei a resenha de "Extraordinário" e de "365 Dias Extraordinários", livros pelo qual me apaixonei e que aprendi uma lição para vida. "Plutão" é um livrinho tão pequeno, porém nos ensina uma lição tão grande que ele poderia ter o dobro de páginas! Rsrs

Qual o valor que você dá a sua amizade? Você é amigo realmente do seu amigo? Você tem vergonha do seu amigo? A distância afasta os amigos de verdade? 

Esse livro nos faz refletir sobre essas perguntas e principalmente sobre a respostas que damos a elas. A cada capítulo pensava: "Será que esse personagem fez a coisa correta com seu amigo?". Com isso ficou impossível não pensar se também fiz tudo "corretamente" com os meus amigos. 

O livro é narrado de maneira intercalada entre o passado e presente de Christopher. Ele é o melhor amigo de Auggie (August), eles se conhecem antes mesmo de nascerem, pois sua mães Lisa e Isabel eram vizinhas e melhores amigas. Durante as histórias acompanhamos as dificuldades do dia a dia de Chris e como ele é uma criança de bom coração, mas como todo ser humano é cheio de dúvidas e um pouco egoísta. 
Logo no começo entendemos que Chris demorou a perceber que ele e Auggie eram diferentes e só realmente percebeu quando uma criança começou a chorar quando viu seu amigo no parque. E depois com passar dos anos ele percebeu que seus outros dois amigos de infância (Zack e Alex) se afastaram por ter vergonha de serem visto com alguém do diferente.
“Foi quando ela viu Auggie. Ela arregalou os olhos e ficou paralisada, depois começou a chorar e gritar histericamente”. 
Confesso que tiveram momentos que quis dá umas boas palmadas em Chris pelo jeito que tratava sua mãe. Caramba, que menino mais mimado! Mas, tinham horas que queria dá um grande abraço porque ele foi simplesmente um amor. A amizade dele com Auggie nem sempre foi fácil, pois ao andar com seu amigo ele era discriminado pela outras crianças. 
Esse livro nos mostra um pouco mais sobre os pais de August e os pais de Chris. Mas confesso que a personagem que mais me encantou foi Lisa a mãe de Chris, pois ela dá um valor a amizade com a Isabel que é muito rara. Ela sempre fala para o filho a seguinte frase:
“Boas amizades valem um esforcinho a mais”
Resumindo se você é fã de extraordinário esse livro é obrigatório! Se ainda não for fã, tá esperando o que para se encantar com essa linda história?

Para comemorar a semana da amizade de maneira extraordinária desafio o meu amigo Miguel Felipe do Parágrafos e Capítulos a falar de um livro que retrate a amizade! :D

Nenhum comentário:

Postar um comentário